estudios
Data

Junho de 2015

Publicação

A publicação teve a contribuição de quinze países ibero-americanos. Textos de apresentação assinados por Carlos Roberto Ferreira Brandão e Miguel Ángel Recio Crespo.

Número de Páginas

412

Estudos de público de museus na Ibero-América

Sobre esta publicação

Relatório que reúne os recursos disponíveis e as iniciativas realizadas na Ibero-América no âmbito dos estudos de público de museus, para conhecer o grau de institucionalização destes nas políticas públicas governamentais no âmbito nacional.

Resumo

O relatório sobre os Estudos de Público dos Museus na Ibero-América, desenvolvido pelo Observatório Ibero-Americano de Museus, do Programa Ibermuseus, apresenta um panorama dos estudos que vem sendo desenvolvidos nos quinze países que participaram do diagnóstico respondendo à pesquisa. Os dados recolhidos oferecem diversas perspectivas de análise, possibilitando o aprimoramento da gestão destas instituições. O estudo descreve ainda, de forma detalhada, a metodologia utilizada para a coleta de dados, a forma como esses dados foram tratados e aborda o processo de construção do instrumento de pesquisa. Com essas informações, cada país participante pode não apenas conhecer o que vem sendo desenvolvido nos demais países integrados à pesquisa, mas também poderá, individualmente, utilizar o material como exemplo e base de possíveis desdobramentos e aprofundamentos que sejam de interesse nacional. Conhecer a realidade desses países nos possibilita o entendimento da situação local frente ao cenário mundial. Assim, aponta de forma assertiva as áreas de maior interesse e de carência de estudos, colaborando para o refinamento do conhecimento sobre o assunto.

Você está utilizando um navegador desatualizado. Por favor atualize seu navegador para visualizar corretamente este site.