Atualizado em 17 de outubro de 2014

Palavras-chave
Notícias
País

Portugalportugal-aspect-ratio-276x276

Ação

Encontros

Finaliza o VIII Encontro Ibero-Americano de Museus

8º Encontro Íbero-americano de MuseusOs resultados do VIII Encontro Ibero-Americano de Museus estão reunidos na Declaração de Lisboa

O Encontro foi celebrado, de 13 a 15 de outubro, no Museu Nacional de Etnologia de Lisboa, Portugal, com o tema “Caminhos de futuro para os museus: tendências e desafios na diversidade”.

Após três dias de conferências e debates, os representantes dos países Ibero-Americanos presentes assinaram a Declaração de Lisboa, que reúne as metas prioritárias para o estímulo e o fomento às políticas públicas para os museus da região:

Cooperação, parcerias e redes

O compromisso em aprofundar ações conjuntas no campo museológico, mediante um modelo de cooperação horizontal, de intercâmbio de saberes e experiências, e com respeito às diversidades culturais.

A consolidação de iniciativas de cooperação interinstitucional, intersetorial e internacional.

A adoção de politicas publicas integradas para promover mecanismos de sustentabilidade social para os museus.

Cidadania, acesso e participação

O fomento de canais de comunicação e acesso para potencializar a participação cidadã na gestão de politicas publicas para os museus.

O reconhecimento do papel dos museus para a inclusão social e a construção da cidadania, o que favorece o pleno exercício dos direitos culturais.

Era digital

A promoção do trabalho dos museus em redes baseadas em tecnologias digitais e o reconhecimento do valor das redes na construção, difusão, interpretação, uso e multiplicação do conhecimento como uma outra via para a sustentabilidade social dos museus.

Enfrentando as crises: políticas públicas para os museus

A construção de estratégias de gestão criativas e proactivas para o enfrentamento de diferentes contextos de mudanças e detecção de novas oportunidades.

A realização de estudos para o conhecimento das perspectivas e tendências para os museus na Ibero-América, que permitam identificar formas de sustentabilidade.

A ênfase nas políticas públicas em todo o contexto ibero-americano para a institucionalização do campo dos museus.

A Declaração de Lisboa pode ser consultada nesse link.

Os Encontros Ibero-Americanos de Museus são organizados  pelo Programa Ibermuseus, e reúnem especialistas da área da museologia e responsáveis nacionais pelas políticas públicas em museus, para o dialogo sobre o estado do setor, o intercâmbio de experiências, e a discussão de assuntos de interesse mútuo em termos de cooperação.

Você está utilizando um navegador desatualizado. Por favor atualize seu navegador para visualizar corretamente este site.