Atualizado em 25 de junho de 2018

Palavras-chave
Notícias
País

Brasilbrasil-1-aspect-ratio-276x276

Ação

Educação

Brasil lança Caderno da Política Nacional de Educação Museal

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) lançou no dia 20 de junho o Caderno da Política Nacional de Educação Museal (PNEM). A publicação reúne os princípios e diretrizes da mais nova política pública voltada ao setor de museus brasileiro, instituída no ano passado, trazendo ainda um breve histórico da educação museal no Brasil, um resumo do processo de construção participativa da PNEM e conceitos-chave que devem guiar o trabalho nesta área.

Disponível para download gratuito, a publicação destaca o protagonismo das Redes de Educadores em Museus espalhadas por todo o Brasil e traz ainda textos de especialistas convidados sobre temas relacionados ao trabalho em museus, como acessibilidade, comunidade, mediação, públicos e sustentabilidade, entre outros.

A Política Nacional de Educação Museal do Brasil é fundamentada em princípios e diretrizes que foram definidos de forma colaborativa após amplo processo de participação que incluiu consulta pública através de plataforma online, a realização de 23 encontros regionais e a aprovação da Carta de Petrópolis (2012) e da Carta de Belém (2014) nas respectivas edições do Fórum Nacional de Museus. O documento final foi aprovado na 7ª edição do fórum, realizada no ano passado em Porto Alegre.

Consulte o documento por meio do link.

Você está utilizando um navegador desatualizado. Por favor atualize seu navegador para visualizar corretamente este site.