Atualizado em 09 de agosto de 2020

Oradores/as Minicurso: Recomendações para a reabertura de instituições patrimoniais e museus durante a pandemia do COVID-19

Aída Castilleja, Secretária Técnica do Instituto Nacional de Antropologia e História (México)

De janeiro de 2017 até hoje, ocupa o cargo de Secretária Técnica do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH). Professora-pesquisadora do INAH desde 1973 suas linhas de pesquisa compreendem estudos regionais sobre demografia, migração, transformação social sob uma perspectiva ambiental, organização comunitária em povos indígenas, patrimônio cultural e patrimônio biocultural, entre outras. Fez cursos e especializações, nos quais se destacam os temas de desenvolvimento cultural, patrimônio cultural e políticas públicas.

Juan Manuel Garibay López, Coordenador Nacional de Museus e Exposições (México)

Arquiteto pela Oficina Max Cetto, Fac. de Arq. UNAM. Experiência em design museográfico desde 1994, em projeto, gráfica e ilustração editorial. Colaboração em projetos culturais e de difusão e atividades acadêmicas nas áreas de humanidades. Trabalha o desenho museográfico como tradução formal de iniciativas de diálogo e pesquisa formal e acadêmica. O desenvolvimento de um trabalho interdisciplinar enriquece o design e contribui para sua vocação comunicativa e pedagógica. O design aplicado ao campo dos museus e exposições é um fator de conservação adequada das coleções, precisão expressiva, planejamento eficiente e comunicação oportuna nos espaços dos museus.

Mercedes Roldán Sánchez, Vice-diretora Adjunta de Museus Estatais (Espanha)

Formada em Direito e licenciada em História da Arte pela Universidade de Valladolid, especializou-se em programas de gestão pública aplicada ao âmbito dos museal. Desde 2005 pertence ao Corpo Facultativo de Conservadores de Museus. Profissional especialista em Direitos Autorais e Propriedade Intelectual (Faculdade de Direito da UNED), ministrou vários cursos relacionados a direitos autorais e arte contemporânea. De 2006 a 2020, ocupou o cargo de Assessora Técnica na Subdireção de Gerência do Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofía, cargo em que exerceu funções de assessoria jurídica e técnica aos diversos departamentos do organismo público. Desde março de 2020 é Subdiretora Adjunta de Museus Estatais.

Reyes Carrasco Garrido, Chefe de Área de Coleções da Subdireção Geral de Museus Estatais (Espanha)

Licenciada em Geografia e História pela Universidade Autônoma de Madri com especialidade em História e Teoria da Arte. Pertence ao Corpo Facultativo de Conservadores de Museus, ocupando na Subdireção Geral de Museus Estatais o cargo de Chefe de Área de Coleções. É membro da Comissão de Monitoramento Domus do Ministério da Cultura e Esportes. É coordenadora da Ceres, a Rede Digital de Coleções de Museus na Espanha. Desde 2018 é membro da Mesa Técnica para a Elaboração dos Planos de Salvaguarda de Bens em Instituições Culturais do Ministério da Cultura y Deporte da Espanha e coordenadora do grupo de trabalho de Museus do Plano de Salvaguarda de Bens Culturais em caso de emergências de museus dependentes da SGME.

Cristian Salazar Segura, Representante do Museo de los Niños, Centro Costarriquense da Ciência e Cultura (Costa Rica)

Curador e, posteriormente diretor do Museu Penitenciário desde 2016. Com vasta experiência na coordenação de projetos educacionais e socioculturais, bem como na cooperação de projetos interinstitucionais do Centro Costarriquense de Ciência e Cultura. Coordenador da Equipe Técnica de Fiscalizadora do Projeto Rota de Museus, mestre em Gestão e Direção de Indústrias Culturais, Sociólogo e Ator.

Denise Pozzi Escot, Directora del Museo de sitio Pachacamac (Peru)

Arqueóloga da Universidade de San Marcos, Peru. Mestre em Arqueologia Pré-Colombiana, Universidade de Paris I, Panthéon – Sorbonne, Paris. Membro do Comitê Peruano do Conselho Internacional de Museus. (ICOM-Peru) e da Sociedade de Americanistas – França. Foi professora do Mestrado em Arqueologia da América do Sul na Universidade Nacional de Trujillo, no Peru e na Universidade de Rennes 1 na França; professora associada e diretora da Escola Profissional de Arqueologia e História da Universidade de Huamanga. Atuou como assessora da Direção Nacional do Instituto Nacional de Cultura e do Museu Nacional de Antropologia, Arqueologia e História do Peru. Consultora da Direção de Educação, Cultura e Esporte do Ministério da Educação.

José Alberto Ribeiro, Director del Palácio Nacional da Ajuda (Portugal)

Presidente da Comissão Nacional Portuguesa do ICOM desde 2014. Diretor da Casa -Museu Dr. Anastácio Gonçalves de 2006 a 2013. Atual Diretor do Palácio Nacional da Ajuda. Foi o criador do Grupo de Amigos do Palácio Nacional da Ajuda e da Casa -Museu Dr. Anastácio Gonçalves; Técnico Superior do Quadro do Instituto Português do Património Arquitetónico (IPPAR), exercendo funções na Galeria de Pintura do Rei D. Luís desde 1994. É autor ou coautor de livros e estudos publicados em revistas ou livros de História de Arte e Património. Tem orientado as suas investigações nos campos da Museologia, história do colecionismo e da arte portuguesa dos séculos XIX -XX, com particular atenção aos membros da Casa Real Portuguesa e as suas práticas culturais e artísticas.

 

Você está utilizando um navegador desatualizado. Por favor atualize seu navegador para visualizar corretamente este site.